Herrero

Herrero

Herrero.

Carlos Edgard Herrero é desenhista e roteirista de histórias em quadrinhos, principalmente conhecido pelo seu trabalho com personagens da Disney, publicados pela Editora Abril. Ele também é autor e ilustrador de livros infanto-juvenis, publicitário e pintor de aquarelas.
Não exatamente nesta ordem.

Herrero estudou na Escola de Belas Artes e começou sua carreira como desenhista Disney no final dos anos 1960, produzindo histórias com o personagem Zé Carioca.Mais tarde ele passou a trabalhar com asda família Pato (Donald, Tio Patinhas, sobrinhos, Margarida, etc), Professor Pardal e muitos outros. Em 1972, ele criou em conjunto com o maior roteirista de quadrinhos brasileiro, Ivan Saidenberg, o personagem Morcego Vermelho e começou ailustrar histórias deste alterego do Peninha.

Herrero é o desenhista brasileiro que mais contribuiu com histórias para os Estúdios Disney Americanos. Desde o início dos anos 70 ele desenhou mais de quatro mil páginas de quadrinhos Disney. Sua primeira história Disney foi “Ao Pé da Letra”, com o Pato Donald, em 1969.[1] E continua publicando histórias inéditas até hoje, como “A Base Secreta” com o Zé Carioca publicada pela Abril em Agosto de 2015.

Nos anos 80, Herrero ingressou na área de projetos especiais a Editora Abril, realizando campanhas de marketing para importantes marcas como lançamento da boneca Barbie no Brasil, revitalização e estilização da Menina Claybom (Nhac).

Em paralelo à sua carreira de quadrinhos maniac, Herrero montou sua agência de criação, atendendo a clientes como Unilever, Sandoz, Gradina (linha profissional da Bunge Alimentos), Viação Cometa, entre muitos outros. Sua atuação foi desdecriações de material de ponto de venda, passando por design de embalagens, materiais de treinamento e até mesmo por campanhas promocionais dos Shoppings Iguatemi e Eldorado (em São Paulo).

Além dos quadrinhos, Herrero trabalha como autor e ilustrador de histórias de suspense, terror, ficção científica e faroeste.Atuou com as maiores editoras do país e ilustrou inúmeros livros de vários gêneros, com destaque às obras de coautoria com Pedro Bandeira (coleção Meus Medinhos) e o “Jibobinha”, que foi reeditado na versão digital em 2017.

Atualmente, Herrero conta com seu estúdio home office em São Paulo. Lá ele cria novos personagens e cartoons como “A Saga do Papai Noel do Herrero”, publicado exclusivamente no Instagram. Ele também se diverte com suas novas tirinhas e charges publicadas no Social Comics. Desenvolve e-books infantis, ilustra livros, cria materiais impressos e digitais diversos, pinta aquarelas decorativas, participa de eventos com a Editora Abril, desenha HQs inéditas, e está sempre pronto para o que vier pela frente.